Como criar uma Plano de Negócios para uma Hamburgueria Artesanal

Os hambúrgueres sempre fizeram parte da dieta do brasileiro, principalmente aos finais de semana, mas atualmente, existe um novo modelo de negócio que tem atraído milhares de empreendedores. Estamos falando dos hambúrgueres artesanais.

A concorrência é grande, pois você vai competir com outras empresas de todos os tamanhos. Porém é possível se destacar se você seguir algumas dicas que vamos dar mais adiante. Continue lendo nosso artigo para saber mais:

-Defina seu modelo de negócios

Após escolher seu ponto comercial, você precisará definir como será o seu modelo de negócios, pois cada um tem uma maneira diferente de se administrar. Decida se seu empreendimento será um restaurante tradicional, um fast food, um delivery ou até mesmo um food truck.

– Ponto Comercial

Encontre um ponto estratégico e com um bom fluxo de pessoas. Fique atento aos horários em que a passagem de pessoas pelo local é maior, pois isso vai te ajudar na hora de montar sua estratégia de venda. Além disso, pense no espaço interno que você precisará, pois normalmente os restaurantes utilizam 40% de seu espaço para a cozinha e os 60% restantes para área de atendimento aos clientes.

– Equipe

Quando for efetuar a contratação de sua equipe, procure fazer pelo menos vinte dias antes da inauguração. Esse prazo servirá para garantir que todos os colaboradores estejam com documentação em dia e tenham um treinamento adequado para atender os clientes.

– Licenças e Alvarás

Este é um dos passos mais importantes e vai depender da cidade onde seu negócio será aberto. Mas de qualquer maneira, é preciso saber exatamente quais as licenças e alvarás serão necessários para abrir uma empresa neste ramo. Esteja com toda documentação em ordem e evite transtornos futuros.

O que é uma Startup e o que fazer para abrir uma?

Muito tem se ouvido falar a respeito das Startups, mas nem todo mundo sabe muito bem do que se trata e para que serve. Trata-se de um modelo de negócios que possui um crescimento rápido e buscar sanar as dores e resolver os problemas de seus clientes. Mas não basta ter uma ideia brilhante e pronto. Seu produto e/ou serviço deve ter uma base sólida.

Neste percurso vão surgir alguns problemas de gestão, seja no administrativo ou em qualquer outro aspecto, mas saiba que isso é normal. Saiba que para que seu negócio dê certo, será necessário muito trabalho e muita dedicação. Em alguns casos é possível que o sucesso venha de maneira rápida, porém é preciso ter muita disciplina e estudo de caso.

Como começar?

Uma das vantagens deste modelo de negócios é que os valores para investimento inicial tem caído progressivamente. Em resumo, procure planejar e identificar o quanto você vai precisar investir para começar o seu negócio.

O segundo passo é buscar conhecimento em empreendedorismo, marketing, gestão e vendas, pois cada um desses itens irá te ajudar em um aspecto diferente da sua empresa.

Você está preparado para ser um empreendedor?

Não pense que ao se tornar um empreendedor, você, automaticamente, trabalhará menos, muito pelo contrário. Quando você se torna dono do seu próprio negócio, passa a trabalhar muito mais, pois só depende de si mesmo.

A diferença mais visíviel entre empreender e ter um emprego formal é que você não terá a segurança de uma salário fixo. Outro ponto é que sua dedicação deverá ser praticamente exclusiva ao negócio se quiser ter resultados, afinal, nem sempre o retorno do investimento é rápido.

Marketing e Vendas

Invista em Marketing, pois mesmo que sua ideia seja brilhante, ela não se venderá sozinha. Mesmo que você consiga que ela viralize, saiba que será por pouco tempo e não terá bases sólidas para manter-se assim.

Contrate ferramentas para te ajudar com isso e se possível tenha uma profissional voltado só pra isso. Caso não seja possível, procure as informações necessárias e o que você pode fazer neste quesito. O Marketing vai te ajudar a atrair mais clientes.

Identifique seu público

Se público-alvo é um fator de extrema importância. Faça um levantamento de idade, sexo, profissão e o que mais conseguir filtrar. Através desse estudo, você conseguirá guiar o seu negócio de maneira mais eficaz e mirar no publico que quer atingir. Converse com seus primeiros clientes peça um feedback para entender o que você pode mudar e melhorar seu produto.

Usar o marketing de conteúdo pode alavancar suas vendas

Muitas empresas tem utilizado o Marketing Digital para alavancar suas vendas. Para sair na frente, é necessário apostar nessa estratégia para conseguir destaque em meio à concorrência.

Criar um blog tem sido uma ótima ferramente para atrair público e isso faz parte do que chamamos de Marketing de Conteúdo.

Com a criação de conteúdos relevantes, uma marca consegue se posicionar bem nos mecanismos de busca e assim conquistar o tráfego orgânico. Além disso, os leitores passam a conhecer mais sobre o assunto tratado e tendem a fechar compras com mais facilidade.

Além do que já explicamos, existe outro ponto positivo: o profissional encarregado de criar o blog e os conteúdos, conseguirá obter mais conhecimento através de suas pesquisas.

Primeiros passos:

Assunto

Este passo é um pouco óbvio, pois a primeira coisa a ser feita é a escolha do tema. O ideal é que você opte por um assunto que tenha muito conhecimento ou até mesmo domine.

Escolha e compre seu domínio

Escolha o domínio utilizado no seu site/blog e dê preferência para nomes que deixem claro o seu nicho. Depois faça o registro e compre também a hospedagem.

Público Alvo

Sabem quem é seu público-alvo é fundamental para que nos próximos passos você consiga definir quais as estratégias utilizadas para alcançá-lo. Faça uma lista e projete todas as características de seus possíveis clientes. Dessa forma, fica muito mais fácil criar conteúdos que atinja essas pessoas.

Conheça técnicas de SEO

Para estar nas primeiras posições nos mecanismos de busca é necessário que se faça um bom trabalho de SEO. Ter um site rápido, páginas responsivas, definir palavras-chaves, são algumas das técnicas utilizadas para manter um blog no topo.

Crie conteúdos

Quanto mais conteúdos puder criar, melhor. Mas eles devem ser interessantes e responder as dúvidas do seu público. As pessoas procuram soluções para os seus problemas e se seu conteúdo ajudar, as chances do seu blog crescer são muito boas.

Prestação de Serviços: como abrir uma empresa nesta área?

Se você tem interesse em abrir uma empresa de prestação de serviços, fique atento ao nosso artigo, pois falaremos sobre o assunto e indicaremos alguns pontos importantes durante este processo.

Segundo um levantamento do IBGE, o ramo de prestação de serviços é o que mais conta com empresas registradas no país. Isso faz com que esta área se torne se suma importância para a economia do país. Além disso, a cada ano, o ramo atrai mais empreendedores e isso porque o setor de serviços abrange uma grande quantidade de profissões. Vamos às dicas:

1- Opte por um regime tributário

Essa parte é um pouco mais burocrática e possivelmente você precisará do auxílio de um contador. Aqui você precisará analisar o seu negócio para saber em qual regime tributário sua empresa se encaixa, seja Lucro Presumido, Lucro Real ou Simples Nacional.

2 – Faça escolha do nome

Existem duas maneiras de se abrir uma empresa nesta área: sendo um profissional técnico ou não tendo formação, mas possuindo um equipe que a tenha.

Antes de buscar a formalização, será necessário pensar em um nome e para isso, o ideal é que você pesquise se na sua região já não existe. Outro ponto é que deve ser um nome que chame atenção dos clientes e fique marcado.

3 – Busque a formalização

Após a escolha do regime tributário, você precisará se formalizar. Verifique na prefeitura de sua cidade quais os documentos necessários para iniciar. A formalização é importante, pois com isso você poderá conseguir crédito para ampliar o seu negócio e poderá emitir notas fiscais, o que te dará mais credibilidade.

4 – Faça um plano de negócios

Faça um plano de negócios bem detalhado. Na internet é possível encontrar o modelo, inclusive no próprio Sebrae. O plano de negócios servirá como um guia para sua empresa e o ideal é que você consiga segui-lo o mais fielmente possível.

5 – Elabore um Contrato Social

Elabore um contrato social, mas para isso, a ajuda de um advogado especializado na área será muito bem vinda. Caso você possua sócios, indique no contrato os valores investidos por cada um e assim evite problemas futuros.

6 – Providencie todas as licenças e alvarás

Busque informações sobre todos os documentos solicitados pela prefeitura de sua cidade. Providencie o quanto antes todas as licenças e alvarás solicitados e evite problemas com a fiscalização.

7 – Terceirização pode ser uma saída

Caso você decida terceirizar seus colaboradores, fique atendo às leis da terceirização. Fique bem informado e avalie se o seu negócio se encaixa bem a esta forma de trabalho.

Vale a pena abrir uma Agência de Turismo?

A era digital transformou o jeito de comprar pacotes de viagens. Hoje em dia, acompanhamos as mudanças que vieram na forma de conseguirmos transporte e hospedagem e isso através de empresas como como Airbnb, Uber ou Hotel Urbano. Justamente por isso, é extremamente necessário que você esteja munido de muitas informações, antes de abrir uma agência de turismo, pois precisará correr atrás do prejuízo se quiser entrar na concorrência.

Segundo a Organização Mundia de Turismo, no último ano, mais de um bilhão de pessoas fizeram viagens pelo mundo e isso indica um crescimento favorável às empresas de turismo. Além disso, nosso país tem sido eleito como um dos que possuem mais diversidade cultural e um dos mais bonitos. Em resumo, o cenário está favorável para quem quer atuar nesta área.

Acompanhe cinco dicas para te ajudar neste caminho:

Decida o nome de sua empresa

Após a escolha do nome, verifique se não outras empresas que possuam o mesmo nome e principalmente, no mesmo ramo de atividade.

Consulta Comercial

O primeiro passo é descobrir se o local escolhido para abrigar sua agência, pode se tornar um comércio. Isso pode ser verificado através da Prefeitura ou Secretaria Municipal de Urbanismo de sua cidade.

Formalize-se

Solicite seu CNPJ e Inscrição Estadual junto à Receita Federal. Além disso, efetue o Contrato Social através da Junta Comercial de sua cidade.

Alvarás e Licenças

Faça o requerimento de sua licença e alvará de funcionamento. Isso deverá ser feito na Secretaria Municipal da Fazenda.

 

Registro

Após criar sua empresa, será necessário cadastrá-la no Ministério do Turismo. Veja quais os ramos devem fazer este registro:

  • guia turístico
  • hospedagem
  • transportadora turística
  • organizadora de eventos
  • acampamento turístico
  • parque temático

Por fim, cuide do Marketing de sua empresa e busque novos clientes, pois a concorrência é grande, porém o mercado é amplo e vive constante expansão.

 

É possível abrir um negócio enquanto mantém um emprego?

Nos últimos anos, empreender tem sido a palavra da moda. Tem até se discutido a possibilidade de que as escolas passem a ter o empreendedorismo como uma das matérias na grade curricular.

Muitos tem tido a vontade de empreender, porém algumas pessoas ainda não estão preparadas para abandonar a carreira e abrir seu próprio negócio. Porém possuem o receio de empreender e ter um emprego fixo ao mesmo tempo, pois acreditam que é impossível conseguir fazer as duas funções com qualidade. Mas segundo alguns empreendedores, que passam por isso, existem formas se evitar o stress e obter sucesso nessa situação.

Abaixo, vamos passar algumas dicas que vão facilitar a vida do empreendedor que quer conciliar sua vida profissional.

– Não se sobrecarregue

Se o seu negócio conta com funcionários, aprenda a delegar as funções, pois isso vai te poupar tempo. Além disso, na sua ausência, esta pessoa conseguirá resolver as pendências sem muitos problemas.
Essa dica serve também para quem possui um sócio, pois o ideal é dividir as funções de maneira que ninguém saia prejudicado.

– Organize-se

Mantenha uma rotina organizada. Defina horários e funções e procure segui-las corretamente. Dessa maneira, você conseguirá manter seu planejamento sem muito desgaste.

– Concentre-se

Não misture os trabalhos. Enquanto estiver no seu trabalho, pense apenas nele e o mesmo serve para quando estiver no seu negócio. Manter o foco é importante para a produtividade.

– Monitore seu negócio

Mesmo quando você estiver em casa, acompanhe seu negócio e assim conseguirá diminuir a culpa por não estar 100% dedicado a ele.

– Tenha um bom planejamento financeiro

Por fim, o planejamento financeiro é essencial para garantir sucesso no seu negócio. Ter uma reserva que servirá como capital de giro é muito importante para momentos de crise. Além disso, vai te ajudar a ficar mais tranquilo para desenvolver o trabalho sem se prender muito às questões financeiras.