Livros para inspirar e motivar todo empreendedor

Se você está começando um novo negócio, sabe que no começo dá um frio na barriga e um medo de tudo dar errado. Buscar inspiração para empreender é extremamente importante e muitos fazem isso. Já pensou em buscar motivação através de livros?
Seja uma ficção, um livro de auto ajuda ou até mesmo uma biografia, os livros tem o poder de motivar e trazer um frescor em seus leitores. Vamos indicar alguns títulos que são capazes de dar uma cara nova e um gás em quem está um pouco desanimado.

Segue a lista:Execução – A Disciplina Para Atingir Resultados

Este livro fala muito sobre planejamento. Ele serve para aqueles que colocaram algumas metas e pretendem acompanhar quantas delas foram alcançadas. Além disso, é possível entender porque muitas empresas quebram por falta de execução e não de planejamento.

A Hora da Verdade

Este título fala sobre a importância de dar poder aos seus colaboradores e como é produtivo e compensador fazer isso. Alguns trechos do livro deixam claro que não importa hierarquia e, sim as ideias.

 

O Livro Negro do Empreendedor

O livro traz diversas soluções que não são encontradas nos livros acadêmicos. Tem muita importância para aqueles que pretendem inovar e quer fazer diferente sem correr o risco de fracassar. É considerado uma auto ajuda do empreendedor.

Seja foda

Apesar do palavrão no título, este livro é muito interessante em vários aspectos e serve para muitas situações na vida. Ele fala, principalmente, sobre sempre tentar ser melhor em algo que esteja fazendo, ou seja, tentar sempre superar a si mesmo. Tem muita relevância para aqueles que estão com medo de dar os primeiros passos. 

 

 Coloque a leitura em dia e quem sabe não é o que falta para que você deixe suas ideias em ordem e faça sucesso com seu empreendimento.

Como tirar sua ideia do papel

Pensou em empreender mas tem medo de começar? Não consegue dar os primeiros passos? Algo te impede de ir adiante e seu sonho vai ficando cada vez mais distante? Isso acontece com muita frequência com todos que tem vontade de empreender.

Mas fique tranquilo, vamos discutir maneiras de como tirar sua ideia do papel e transformá-la em realidade. Muitos empreendedores acham que criar um plano de negócios é algo difícil, além de ser a parte menos divertida. Mas para alcançar o sucesso é necessário passar por esta etapa.

Comece fazendo alguns rabiscos com ideias básicas do que pretende fazer e com o tempo vá aprimorando e transformando em um planejamento mais completo. Fazendo isto, as chances de você se perder diminuem consideravelmente.

1 – Defina o seu público

Identifique quem é o seu público e como quer atingi-lo. Coloque informações sobre idade, local, interesses, pois essas informações vão lhe ajudar

2– Controle de gastos e prazos

Faça um planejamento e tente definir quanto tempo e dinheiro vai ser necessário para conseguir todas as licenças e alvarás. Um cronograma bem feito é imprescindível para organização dos primeiros passos para abertura de uma empresa.

3 – Verifique quais são os requisitos para iniciar

Conheça quais são os documentos necessários para iniciar o seu negócio. É importante entender quais são os pré-requisitos e cumpri-los com cautela. Existem licenças e alvarás que são indispensáveis.

4 – Planejamento financeiro

Mesmo que você tenha pouco dinheiro para investir, o ideal é que você saiba exatamente onde vai gastar cada centavo de seu investimento. Evite gastos desnecessários e lembre-se que este é ponto principal de qualquer negócio.

5 – Qualidade em primeiro lugar

Se você oferecer algo ruim, vai ficar marcado logo no começo e isso vai te fazer perder clientela. Dessa forma, você vai conseguir conquistar cada vez mais clientes e aumentar seu faturamento. Preze pela qualidade e ofereça algo que faça as pessoas se lembrarem de uma boa experiência.

6 – Planeje todas as atividades

Escreva tudo em uma agenda e coloque nela, em ordem cronológica, todas as atividades a serem concluídas. Assim você vai evitar se perder durante o planejamento.

Seguindo os passos corretamente você poderá iniciar seu empreendimento com o pé direito.

Avalie o crescimento de sua empresa através de uma boa Gestão Contábil

Você sabia que o crescimento da sua empresa também pode ser muito prejudicial à ela? Sim, crescimento desenfreado pode ser deveras prejudicial a sua empresa e é algo que precisa muito ser equilibrado por meio da gestão contábil.

Para que o crescimento da sua empresa possa acontecer de forma natural e sem queimar etapas, confira esse artigo que vai trazer dicas para que você não venha fazer do crescimento da sua empresa, uma grande pedra de tropeço.

Precisa ser traçado periodicamente, de preferência de seis em seis meses, e focado nos seguintes pilares: finanças, gestão corporativa, gestão tecnológica e operacional e de mercado. É por meio desses traçados que a empresa possui a noção das suas prioridades.

Tenha visão a longo prazo

É importante que a perspectiva de futuro da sua empresa seja realista e combine com o todo o processo de gestão contábil. Essa visão é conduzida pela empresa dentro de um período determinado de tempo em curto, médio e longo prazo. Com essas visões, a sua empresa vai subindo de patamar gradativamente.

Trace objetivos estratégicos, pois o ideal é que seja feito semestralmente dentro dos pilares: corporativo, financeiro, tecnológico/operacional e mercadológico. Essa balança mantém internamente a informação das prioridades da empresa.
Possua uma planilha de gastos (entradas e saída) de determinado período que, por meio da gestão contábil, servirá de apoio para as perspectivas orçamentárias do ano seguinte. A conclusão do estudo do orçamento auxilia no controle de esforços da empresa de como e com o que investir prioritariamente. O que há em falta e o que há em excesso, gerando controle na gestão contábil.

Tenha uma rede de contatos ativa que vai ser capaz de te ajudar a trazer novos clientes e trabalhos. Além disso, permita que a Gestão Contábil de sua empresa analise os números antes de se aventurar em qualquer negócio.
O ideal é gerar valor para sua empresa e uma boa gestão vai ser capaz de avaliar os pontos fracos e fortes de seu empreendimento.

O mais importante é que essa é a forma mais efetiva e mais barata de expandir sua empresa, pois o planejamento bem feito é capaz de alcançar ótimos números.

Por fim, citamos algo que é fundamental nos dias atuais, a presença no mundo digital. Você pode expandir o seu negócio, sem precisar abrir franquias ou criar filiais, mas, sim, expandindo o seu negócio dentro do universo e-commerce, disponibilizando os seus produtos e serviços através da internet.

O mundo da internet é muito vasto para que você se mantenha apenas dentro de um contexto corporativo.

Assessoria Contábil e o planejamento estratégico ideal para seu negócio

Resolveu empreender e pensa em como começar? O ideal é partir para o planejamento estratégico e nada melhor que de inicio contar com uma assessoria contábil para facilitar as coisas pra você.
Dessa forma, você já vai começar com o pé direito.

Normalmente, o planejamento é feito no inicio do ano, porém isso não é uma regra.

É sempre bom deixar claro que a assessoria contábil com dados e informações relevantes vão lhe ajudar, mas o ideal é sempre agir com cautela para ter todas as suas ações feitas com segurança. Mas, convenhamos, vale muito mais a pena do que dar um tiro no escuro.

Justamente por os motivos já listados que a assessoria contábil é importante.

Essas informações trazidas pela assessoria contábil são baseadas nos seguintes aspectos.

  • Comparativos com anos anteriores
  • Leitura do que foi positivo e negativo no planejamento do ano que passou
  • Leitura geral de mercado pro ano que entrou
  • Tendências
  • Análise de concorrência
  • Análise de publico

Os planejamentos cruciais são:

 Planejamento estratégico

É considerado um planejamento a longo prazo através da esfera operacional. Necessita da assessoria contábil pelo acesso à base de informações, definindo a estrutura de produção e o modelo de vendas da empresa dentro de um período. Faz parte do traçado que a empresa precisa para colocar as suas ações em prática.

Planejamento operacional

Diferentemente do que acontece com o Planejamento Estratégico, no operacional é a curto prazo. Além de ser comparado com os anteriores e dentro de uma perspectiva do momento em que a empresa se encontra.

 Planejamento tático

É voltado para a parte de maquinas e materiais que interferem diretamente no processo de produção de uma empresa e que, de alguma forma, necessita de aporte financeiro. Dispõe-se diretamente na cobertura de ações práticas. Como orçamento direto de materiais de maquinários e de fornecimento que gerem algum investimento financeiro.

Chegamos a conclusão que, independentemente do planejamento, todos, de uma forma outra, interferem diretamente na estratégia e nada melhor que uma assessoria contábil para trazer uma visão estratégica para a empresa.